Brasileirão Série A

Fluminense vence o Ceará em jogo que marca adeus de Fred aos gramados

O ídolo Fred se despediu dos gramados, neste sábado (09/07), em grande estilo: com vitória. Empurrado pelos mais de 63 mil tricolores presentes ao Maracanã, o Fluminense venceu o Ceará, ...

Por Redação

há 2 meses


Fluminense vence o Ceará em jogo que marca adeus de Fred aos gramados


O ídolo Fred se despediu dos gramados, neste sábado (09/07), em grande estilo: com vitória. Empurrado pelos mais de 63 mil tricolores presentes ao Maracanã, o Fluminense venceu o Ceará, por 2 a 1, com gols de Germán Cano e Matheus Martins, pela 16ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Em clima de extrema emoção, uma linda festa dedicada a Fred embalou o jogo que marcou o fim da carreira de um dos maiores personagens da história do clube. O artilheiro pisou no gramado pela última vez na carreira como jogador aos 32 minutos do segundo tempo, para delírio do público, conduzindo o Time de Guerreiros à conquista de um grande resultado. Neste momento, o Flu é o vice-líder do Brasileirão, com 27 pontos.

A equipe comandada pelo técnico Fernando Diniz volta a campo na terça-feira (12/07), quando enfrenta o Cruzeiro, às 21h, no Mineirão, pelo duelo de volta do confronto de oitavas de final da Copa do Brasil.

PRIMEIRO TEMPO

Com o incessante apoio dos tricolores como combustível, o Fluminense buscou a pressão sobre o Ceará e, aos 4 minutos, avançou com perigo pela primeira vez, em uma finalização de Paulo Henrique Ganso que explodiu na zaga. Na sequência, aos 8, Matheus Martins arrancou suspiros das arquibancadas, depois de trocar passes com Caio Paulista, abrir espaço e, da entrada da área, finalizar rente à trave.

O Time de Guerreiros voltou a ficar perto de marcar aos 11, quando, após cruzamento de Jhon Arias, Germán Cano arriscou o chute de primeira, obrigando o goleiro a operar um milagre.

Aos 38 minutos, o Fluzão balançou a rede! Cano recebeu belo lançamento de Caio Paulista e, de cabeça, abriu o placar para o Tricolor. Em uma comemoração de artilheiro para artilheiro, o argentino correu em direção ao ídolo Fred para celebrar o gol, jogando corações para a galera, gesto eternizado pelo camisa 9.

SEGUNDO TEMPO

Enquanto o Maracanã pulsava, o Fluminense respondia em campo à vibração que partia das arquibancadas. Foi assim que, aos 8 minutos, o Tricolor ampliou a vantagem no marcador. Após belo passe de Samuel Xavier, Germán Cano invadiu a área e rolou para Matheus Martins finalizar de primeira e balançar a rede. Na comemoração, o Moleque de Xerém, é claro, correu para o abraço de Fred, repetindo a clássica comemoração do ídolo.

Aos 13 minutos, servido por Paulo Henrique Ganso, Cano carregou a bola e finalizou de longe, deixando nas mãos do defensor. Aos 21, em grande jogada, Jhon Arias levou os marcadores e, ao arriscar a finalização, acertou o lado externo da rede. Aos 28, o próprio Arias roubou a bola do adversário e avançou até chutar para defesa do goleiro. Em seguida, Martinelli achou espaço e soltou uma bomba a longa distância.

À medida que o relógio corria, a atmosfera do estádio ganhava contornos ainda mais emocionantes. Até que, aos 32 minutos, Fred recebeu o chamado para ir a campo. Germán Cano deu lugar ao camisa 9 e prestou a ele sua reverência. Depois da troca de cumprimentos com o companheiro de posição, o capitão levou os tricolores à loucura ao pisar no gramado pela última vez na carreira como jogador.

Na sequência, aos 33 minutos, Matheus Martins tabelou com Martinelli e chutou com perigo. Pouco depois, veio a primeira chance de Fred. O arremate, no entanto, parou na marcação. Aos 39, Caio Paulista tirou tinta da trave ao arriscar o chute cruzado. Nos acréscimos, o Ceará chegou a diminuir com Luiz Otávio. O Time de Guerreiros, porém, segurou o resultado e garantiu a festa.

FICHA TÉCNICA

Campeonato Brasileiro – 16ª rodada

09/07/2022, 19h – Maracanã

Fluminense (2)

Fábio; Samuel Xavier, Nino, Manoel e Caio Paulista; André, Nonato (Felipe Melo) e Paulo Henrique Ganso (Martinelli); Matheus Martins (Willian Bigode), Jhon Arias (Luccas Claro) e Germán Cano (Fred). Técnico: Fernando Diniz

Ceará (1)

João Ricardo; Michel Macedo, Messias, Luiz Otávio e Bruno Pacheco (Victor Luís); Richard Coelho, Rodrigo Lindoso (Fernando Sobral) e Lima (Zé Roberto); Mendoza (Dentinho), Vina e Iury Castilho (Cléber). Técnico: Marquinhos Santos

Gols: Germán Cano (38’ 1T) e Matheus Martins (8’ 2T) (FLU); Luiz Otávio (47’ 2T) (CEA)

Cartões amarelos: Matheus Martins e Felipe Melo (FLU); Iury Castilho, Messias e Richard Coelho (CEA)

Arbitragem: Luiz Flavio de Oliveira, auxiliado por Miguel Cataneo Ribeiro da Costa e Evandro de Melo Lima

Fotos: Lucas Merçon, Mailson Santana e Marcelo Gonçalves/FFC

fonte: https://www.fluminense.com.br/noticia/fluminense-vence-o-ceara-em-jogo-que-marca-adeus-de-fred-aos-gramados
Outras noticias do Brasileirão Série A

  Luciano faz dois, e Tricolor vence o Atlético-GO pelo Brasileirão